fbpx

Ansiedade

Não deixe suas emoções paralisar você!!!!!

É fato que todas as pessoas querem ser feliz, ter sucesso e melhorar sua qualidade de vida. Contudo, emoções baseadas em nossas experiências, crenças limitantes ( aquelas que acreditamos ser verdade absoluta e que está todos os dias conosco e nos limita a seguir em frente, como medo ou insegurança de algo, baseado em fatos passados).
É claro que não conseguimos controlar os fatos da vida, pois não depende de nós, porém temos que dominar como vamos lidar com eles. Digo o mesmo para nossas emoções pois somos seres humanos e sempre vamos sentir. Todavia somos nós que damos significado a tudo isso e aprender a lidar com esses fatores é a chave do sucesso.
Diante de um fato ruim, vale a pena se questionar como essa situação vai interferir em sua vida e o como irá viver a partir disso. Se esse fato vai te paralisar ou se você vai olhar e se permitir ter uma nova perspectiva de vida.
Sempre deixo claro para meus clientes do Brasil e do Exterior que nós fomos preparados para estar em estado de alerta e para sobreviver ao pior, assim nossa tendência é se proteger a todo momento e sermos mais cautelosos. Até as pessoas mais impulsivas, tende a serem assim também como ação de defesa. Todavia, podemos mudar o rumo dessa história, ter bom senso e manter o equilíbrio em nossas ações, emoções diante de todos os acontecimentos. Para isso é preciso sempre estar em contato consigo mesmo e não viver no automático e aceitar o sofrimento como algo certo em sua vida. O certo é você estar bem e ter uma qualidade de vida.
Procure trocar suas expectativas por apreciação. Ver sempre o outro lado da história, o que você aprender e ganhou com a nova experiência.
Já parou para pensar que toda situação dolorosa que você já vivenciou aconteceu para você e não para você? Que tudo aconteceu para você evoluir, ser mais criativa e se tornar mais resiliente?
É claro que você não precisa estar sempre em sofrimento para evoluir, mas caso isso ocorra entenda o porquê e para que isso aconteceu, como forma de aprendizado sempre voltado para seu processo de evolução.

Um grande abraço em conte comigo em seu processo de transformação.
Fernanda Farias
Psicologa e Coach.
CRP 06-73870

Há 15 anos ajudando as pessoas nos processo de transformação, há 5 anos tem um programa que atende pessoas no processo de transição para o Exterior ou retorno ao país de Origem.

Agende sua consulta de Coach Gratuita 11 962304168 Whatssap

Ou pelo email – contato@fernandafariaspsicologa.com.br

www.psicologafernandafarias.com.br

Não deixe a Ansiedade atrapalhar seu HOJE e seu FUTURO!

Nos dias atuais, dificilmente alguém não se deparou com um alto grau de ansiedade, incluindo as crianças. Com a correria do dia a dia, bem como as tarefas que tem que serem realizadas ficamos muitas vezes perdidos e preocupados se vamos ou não dar conta.
Infelizmente a cobrança externa e interna está levando muitas pessoas ficar doentes emocionalmente e fisicamente, algo que precisamos estar atentos para que a ansiedade não nos paralise.
É importante saber que a ansiedade é a expectativa de algo que ainda não aconteceu. Portanto, as pessoas já começam a pensar todos os fatores que pode acontecer. Todavia, esses pensamentos vêm baseados a experiências negativas. Assim, a tendência é pensar que somente situações ruins irão acontecer, gerando insegurança, medo o que leva a pessoa paralisar e não seguir adiante.
Essas emoções negativas faz a pessoa se sentir inferior e incapaz de seguir a diante, diminuindo as chances de evolução. A angústia vem, assim como os pensamentos acelerados e o individuo paralisam na dor, mesmo que queira sair dela. Muitas vezes na tentativa de sair da dor, tomam atitudes impulsivas se arrependendo, gerando mais angustia e preocupação.
Assim, as dicas a seguir te ajudará a viver melhor o hoje e não comprometer o seu futuro.
1-Invista do seu autoconhecimento. Conhecendo suas emoções, seus sentimentos,suas crenças limitantes e seus objetivos, te ajudará ter maior clareza do seus propósitos e você terá como se planejar e lidar melhor com tudo isso. A ajuda de um profissional de psicologia e coach agiliza esse processo.
2-Defina seus objetivos de vida, bem como o motivo pelo qual quer almejá-lo e acredite que você vá conseguir.
3-Faça um planejamento de passo a passo, como alcançará seu objetivo, colocando prazos para te dar uma direção.Prazos esses reais, pois não adianta colocar prazos que seria humanamente impossível de alcança-los devido sua dinâmica de vida.
4-Agora é hora de agir, afinal sonho sem ação não vai te levar a lugar nenhum. Todavia,não fique desesperado(a); trace uma meta mensal, semanal e diária. Faça seu papel diariamente . O mais importante é focar no processo, dia a dia, pois é isso que te levará ao resultado.
5-Organize-se. A pessoa ansiosa sempre acredita que não vai dar tempo de fazer tudo, até porque sempre tende a “ abraçar o mundo”. É importante saber sua prioridade e focar nela. Como dito anteriormente, faça uma lista e vá realizando as atividades uma de cada vez.Sem desespero. Foque no que é importante.
6-Pensamentos negativos provavelmente vão surgir quando se pensar na proporção imensa de uma vida e de todos nossos afazeres, afinal temos que manter uma vida harmoniosa( vida profissional, pessoal, lazer etc). Nesses momentos se questione. O que poderia dar errado? Por que daria errado? O que tenho que fazer para dar certo? Será que estou focando no que eu quero ou no que os outros querem?Será que estou exigindo uma perfeição? Será que me cobro demais?
Tente responder essas perguntas e pense nas soluções, você vai perceber que muitas vezes são os pensamentos e nossas crenças limitantes que nos paralisam e não os fatos em si.
7-No momentos de maior ansiedade olhe ao seu redor, respire , veja a sua lista de tarefas diárias e foque no concreto( no aqui e no agora). Valorize o que tem feito e caso não tem feito reveja o que pode estar acontecendo e não tenha receio de mudar o rumo.Ás vezes imprevistos acontecem e temos que nos reorganizar. Essa reorganização muita vezes é necessária para que você chegue mais rápido ao sua meta. Procure tirar proveito de todas as situações a seu favor.
8-Acredite em você e no seu potencial. Relembre todas as vezes que estava numa situação de ansiedade e angustia e você conseguiu dar conta.Relembre também um situação que você não gostou do resultado e pense como poderia fazer diferente, isso te ajudará desenvolver seu lado criativo.

Você merecer ser feliz e tenho certeza que tem todo o potencial para lidar com suas emoções. Precisa apenas se permitir a isso. Aprender a lidar com suas emoções exige um treino, um esforço,uma dedicação mas quando você faz isso o resultado é transformador.

Um grande abraço em conte comigo em seu processo de transformação.

Fernanda Farias
Psicologa e Coach.
CRP 06-73870

Há 14 anos ajudando as pessoas nos processo de transformação, há 5 anos tem um programa que atende pessoas no processo de transição para o Exterior ou retorno ao país de Origem.

Agende sua consulta de Coach Gratuita 11 962304168 Whatsapp

Ou pelo email – contato@fernandafariaspsicologa.com.br
www.psicologafernandafarias.com.br

Estou com as emoções confusas, acho que vou voltar do exterior porque meu lugar não é aqui!!!

Há anos escuto essa frase dos meus clientes que estão no exterior através das  consultas online. O que mais percebo é que a dificuldade de lidar com as emoções, bem como os obstáculos presentes de quem vai para o exterior leva o individuo a querer desistir e vir embora para seu país de origem. Contudo, vale ressaltar que antes de tomar essa decisão é importante avaliar sua vida atual, bem como seu objetivo para que faça sua melhor escolha nesse momento.

Dessa maneira,a seguir algumas dicas para te ajudar nesse processo.

  • Relembre o motivo pelo qual você te levou a morar no exterior.
  • Faça uma avaliação de suas emoções e escreva num papel todas as suas angustias, medos, frustrações, inseguranças.
  • Avalie porque essas emoções estão te incomodando, como forma de entendê-las e não de punir. Por exemplo: Achei que nesse país as pessoas seriam mais humanas, teria mais ajuda, não sentiria tanta saudade da família,dificuldade no idioma etc.
  • Verifique dentro dessa avaliação se existem soluções ou uma maneira de amenizar essas emoções.( Divida seus sentimentos com amigos que já passaram por isso, convide um familiar para ir te visitar, etc.)
  • Invista no seu autoconhecimento. Buscar ajuda profissional( psicóloga e coach) facilitará seu processo de entendimento,bem como te ajudará a lidar com suas emoções o que te levará a ter maior clareza do que acontece contigo.
  • Relembre as dificuldades que você já teve na vida e conseguiu superar. Se você conseguiu no passado, agora não será diferente.
  • A autocobrança e a expectativa atrapalha muito, pois nem tudo sairá exatamente como planejado.Contudo, você pode reformular o que foi planejado.
  • Depois que fizer todas as avaliações acima, respire, reveja sua vida e coloque na balança o pós e os contra de permanecer no país que optou morar. Vale ressaltar que mesmo que opte em voltar para seu país de origem, você pode viajar novamente num outro momento, contudo com outra visão, com uma outra estrutura emocional e com um outra experiência.

Espero ter contribuído com você nesse momento. Vale ressaltar que na vida temos que nos dar a oportunidade de crescermos e vivermos. Com planejamento, investindo no autoconhecimento e se permitindo se transformar você perceberá que nada pode impedir de alcançar seu objetivo. Acredite, mesmo diante da dificuldade, você pode dar a volta por cima e se tornar cada vez mais resiliente.

Um grande abraço em conte comigo em seu processo de transformação.

Fernanda Farias

Psicologa  e Coach.

CRP 06-73870

Há 15 anos ajudando as pessoas nos processo de transformação, há 5 anos tem um programa que atende pessoas no processo de transição para o Exterior ou retorno ao país de Origem.

Agende sua consulta de Coach Gratuita 11 962304168 Whatsapp

Ou pelo email – contato@fernandafariaspsicologa.com.br

www.psicologafernandafarias.com.br

 

 

Como transformar o pensamento negativo em positivo.

Já parou para perceber que os pensamentos negativos nos atrapalham e eles geralmente aparecem quando tudo parece não está indo a nosso favor?
É exatamente isso que acontece. Nossos pensamentos são reações do que estamos sentindo; se não estamos bem, os pensamentos negativos vão predominar.
Acontece que tudo é treino e aprendizado e esse movimento pode ser transformado. Para isso é importante que você dedique-se um pouco nas dicas que darei a seguir para que você possa aos poucos ir transformado a maneira de pensar e lidar/reagir as suas emoções:

1-Confronte seu pensamento: Todo pensamento é uma fantasia, pois enquanto está no pensamento o fato ainda não aconteceu. Assim, se questione. Esse pensamento é real? Ele está acontecendo de fato?Porque ele deverá acontecer?
2-Resolvendo os problemas: Caso o pensamento insista em existir, procure pensar na solução do mesmo, quais ações precisa tomar para resolvê-los. Dessa maneira você perceberá que terá como sair da situação de risco.
3-Toda vez que o pensamento vier, force o pensamento contrário. Por exemplo: Seu for viajar para o exterior e der tudo errado? Se eu for viajar para o exterior e der tudo certo? Ao forçar esse pensamento, você começa a perceber que as duas coisas podem acontecer e você precisa escolher aquilo que você quer viver.
4-Escreve no papel todos os seus pensamentos negativos e se questione porque somente situações negativas acontecem com você. Ao expor no papel fará você extravasar e tirar de dentro de si esses pensamentos, ajudando a refletir sobre o assunto.
5-Discorde dos pensamentos negativos: Por exemplo: Estou com muito medo e dores do corpo, será é algo ruim, uma doença grave? Discordando: Não, é somente um sintoma de ansiedade, que ao buscar informações e pedir ajuda logo vai passar.
6-Determine pensamentos positivos: Seu cérebro precisa de 5 segundos para registrar um pensamento, assim quando vier um pensamento negativo, determine algo positivo pra que a ultima informação predomine.
Vale ressaltar que nesse texto meu grande objetivo foi te ajudar a perceber que você pode ser autor de sua própria vida, bem como lidar com suas emoções. Contudo, caso esteja enfrentando alguma dificuldade, não deixe de buscar ajuda profissional, bem como buscar informações através de leituras e pessoas sérias para te ajudar nesse processo.
Eu acredito em você, afinal nada pode ser mais importante do que sua vida que seu bem estar.

Fernanda Farias
Psicologa e Coach.
CRP 06-73870

Há 14 anos ajudando as pessoas nos processo de transformação, há 5 anos tem um programa que atende pessoas no processo de transição para o Exterior ou retorno ao país de Origem.

Agende sua consulta de Coach Gratuita 11 962304168 Whatsapp ou

pelo email – contato@fernandafariaspsicologa.com.br

Aprenda como lidar com os pensamentos negativos.

 

Você já parou para perceber  o quanto os pensamentos negativos atrapalham o caminhar do seu dia? O quanto que eles têm o poder sobre você e te levam ao desânimo e até mesmo fazer você desistir de seus propósitos?

Sim, esses pensamentos costumam paralisar muitas pessoas, pelo simples fato delas não  saberem como lidar.

Assim, quero deixar claro que os pensamentos, sejam eles positivos ou negativo sempre vão existir em sua vida. Tanto um quanto outro é preciso ser recebido para te ajudar em seu processo de transformação.

A seguir tem algumas orientações que podem te ajudar a lidar com os pensamentos negativos.

1-Avalie sempre seus pensamentos e quais sentimentos que ele te gerou. Ao fazer essa análise você terá clareza o que te aflige e se existe dentro de si mais pensamentos negativos, do que positivo. Dessa maneira  terá a opção de trabalhar esse sentimento. Caso tenha dificuldade, não deixe de buscar ajuda profissional pra aprender fazer futuramente com maior autonomia essa avaliação.

2-Acolha um  pensamento negativo. Ele faz parte da nossa vida para nos proteger de um suposto perigo ou alerta. Assim, reflita se ele é real ou é somente uma insegurança ou desconforto/medo de enfrentar um novo desafio. Enfrente e perceberá que o pensamento irá embora.

3-Se o pensamento negativo persistir veja  o que está por de trás desse pensamento existente. Geralmente é uma ansiedade, insegurança, medo que está por de trás. Anote  se esses sentimentos te paralisam e  aparece em algumas outras situações de sua vida. Questione  porque esses sentimentos aparecem e o para que continuar com eles..

3-Avalie a importância que você dá a cada pensamento seu. Afinal, porque valorizar  em demasia um pensamento negativo? Procure pensar em todos os obstáculos que  já teve e conseguiu superar através da ação.

4-Pensamento é pensamento, será que seus medos são reais? Vá para o concreto e avalie se realmente eles existem.

5-Diante de um pensamento negativo dê também a oportunidade de  se questionar que como seria se tudo desse certo. Foque também nessa possibilidade, até porque pensamento é pensamento, ainda não existem no concreto.

6-Não temos como prever o futuro e sim lidar com fatos reais. Assim, diante de um pensamento negativo, procure encontrar  o que poderia fazer caso isso acontecesse , assim vai perceber que tudo tem uma solução.

Resumindo, Acredite na  sua capacidade de lidar com os imprevistos do dia a dia, afinal desafios existem para serem vencidos. Eu confio em você.

Grande Abraço !

Fernanda Farias

Psicóloga e Coach

CRP 06-73879

Email: contato@fernandafariaspsicologa.com.br

www.psicologafernandafarias.com.br

11- 962304168 Whatsapp

Síndrome Burnout em Brasileiros que moram no Exterior!

Você tem o sonho de morar no exterior, faz seu planejamento, escolhe a data e consegue ingressar no novo país. O seu sonho começa a se realizar porém para chegar ao eu objetivo precisa ir trabalhar. Focado(a), determinado(a), disposta(o) você segue em frente. Todavia, você começa a perceber que a vida não é mil maravilhas e precisa se empenhar cada vez mais para chegar a seu objetivo.Sem falar que tem lidar com seu emocional e com a nova cultura o que é um grande desafio!.
Acontece que ao se deparar com todos esses fatores, muitas pessoas se focam no trabalho cometendo excessos e esquecendo de cuidar de si. Assim, a Síndrome Burnout ( alto grau de estresse no trabalho) pode surgir e te paralisar. Dessa maneira abaixo segue os principais sintomas dessa síndrome, bem como algumas dicas para ter ajudar a prevenir e lidar com a mesma.

Sintomas: distúrbios do sono,tensão muscular, dores e sensação de pressão na cabeça,alteração no humor, falta de apetite, autoestima baixa;fadiga, mal estar,irritabilidade, desânimo.

Dicas
1-Peça ajuda: Não deixe de pedir ajuda médica para fazer avaliação de seus sintomas físicos e de um profissional de psicologia para que possa ingressar no acompanhamento adequado e te ajudar nesse processo.

2-Atividade física: Cuidar do corpo faz com que você libere vários hormônios, dentre eles a endorfina que alivia as dores, relaxa o organismo.
3-Alimentação saudável:Cuidar da sua alimentação te ajuda ao melhor funcionamento do seu corpo como um todo.
4-Relaxamento: Reservar pelo menos alguns minutos diários para você pode fazer uma grande diferença em sua vida. Experimente meditar, tomar banho no escuro, ficar em silêncio, ouvir uma musica relaxante.
5-Lazer: Na correria muitas pessoas deixam de lado o lazer. Contudo, sem ele sua vida pode virar um caos. Não precisa fazer viagens ou passeios longos, uma simples saída ao parque pode te ajudar.
6-Diga Não: Avalie todas as propostas que receber na sua vida como um todo! Muitas pessoas acabam dizendo SIM para todos como forma de agradar. Todavia a única pessoa prejudicada é você. Vale lembrar que cada SIM que você dá a alguém pode ser um NÂO para si mesmo.

7-Objetivo: Tenha claro seu objetivo porém tenha claro que é melhor levar maior tempo para alcançá-lo e ter uma vida na harmonia do que conseguir tudo mais rápido e ficar doente.
Se você se identificou com alguns desses sintomas ou conhece alguém que passa por isso, não deixe de me procurar para tirar suas dúvidas e compartilhe esse artigo.
Vale lembrar que se autoconhecer é fundamental para que possamos com tranquilidade enfrentar e superar todos os desafios. Todos nós temos problemas e muitas vezes cometemos excessos, mas ter as ferramentas necessárias para lidar com eles faz toda a diferença!

Fernanda Farias

Psicóloga e Coach

CRP 06-73879

Email: contato@fernandafariaspsicologa.com.br

www.psicologafernandafarias.com.br

11- 962304168 Whatsapp

10 Dicas para lidar com a Ansiedade para quem mora no Exterior!

Quem nunca sentiu ansiedade na vida? Vale lembrar que a ansiedade é sempre expectativa de algo que ainda não aconteceu. Nesses momentos seu  cérebro se prepara para te proteger ficando em estado de alerta do que pode estar por vir. Á partir disso ele tomara uma ação ou somente reagir. Desse modo a ansiedade pode ser bem vinda quando ela te leva a tomar uma atitude e buscar seu objetivo. O grande problema da ansiedade é quando ela de paralisa e te levar a outros sentimentos como MEDO, INSEGURANÇA, ANGUSTIAS, etc.

Partindo desse pressuposto, imagina você que sonha ou já mora fora do seu país de origem, onde você tem que pensar em várias situações e lidar com todas as suas emoções num lugar onde tudo é novo, onde provavelmente vai começar tudo do zero? Assim, resolvi oferecer algumas dicas que pode te ajudar nesse processo.

1-Procure entender que a ansiedade como quaisquer emoções fazem parte do nosso  dia a dia.  Assim, procure aceitá-la e procure seguir  sua rotina. Para tanto tente obter outra visão das perspectivas, perguntando-se se aquele sentimento é real(está acontecendo ou é algo que você está imaginando).

2-Planeje bem sua ida para o exterior. Antes de chegar ao novo país, faça uma pesquisa do lugar, possíveis trabalhos, lazeres, etc. Ter clareza para onde está indo trará tranquilidade para você.

3-Defina bem seu objetivo da sua ida, pois diante de dificuldades ou desafios lembrar o que te fez ir para outro lugar fará você se manter motivado e seguir adiante.

4-Procure fazer amizades não só com pessoas de seu país de origem, bem como pessoas locais. Além de ampliar sua cultura elas podem te ajudar no seu processo de adaptação.

5-Procure planejar uma renda antes da sua viagem  que lhe faça se sentir seguro(a) e tranquilo diante de imprevistos que podem acontecer.

6–Um dos sintomas da ansiedade é a sensação de que não conseguirá dar conta dos seus afazeres. Assim, planeje seu dia, suas tarefas diárias fazendo anotações numa agenda(caderno). Diante de uma crise de ansiedade se atende essas anotações/tarefas e ao finalizar marque com um x. Isso te ajudará a se manter no concreto e te trará a sensação ótima no final do dia do  quanto você conseguiu concretizar.

7-Foque no aqui e agora! A ansiedade sempre nos leva para o passado que não podemos alterar ou para o futuro que não temos controle do que pode surgir. Assim, diante desses pensamentos, olhe a seu redor e inicie uma atividade imediatamente, como escrever, assistir algo, ouvir uma musica,etc. Agindo dessa maneira viverá o seu momento, afastando esses pensamentos.

8-Desenvolva o hábito de reservar diariamente para respirar profundamente concentrando-se no seu EU. Dessa maneira, ao se deparar com uma crise de ansiedade faça  essa prática que te ajudará a manter o controle da sua emoção.

9-Aceite que não se pode CONTROLAR tudo a sua volta. Essa expectativa leva as pessoas se frustrarem e elevam de maneira rápida e significativa a ansiedade. Todavia, entender que pode SIM, dominar suas emoções, bem como criar e desenvolver maneiras para lidar com as adversidades da vida e resolver os problemas de maneira mais segura. ( busque ajuda de um profissional como psicólogo/coach para te auxiliar pois o mesmo tem como missão de vida ajudar você de maneira mais leve enfrentar os desafios da vida.

10-Aproveite!!!!! Quantas vezes deixamos de aproveitar nosso momento, nosso sonho presos a emoções que te paralisam, como a ansiedade ? Afinal, ao sair do seu país de origem você tinha um foco e estava determinado a alcançar um objetivo. Embora tenha que manter com disciplina sua meta, o LAZER é fundamental para o ser humano para que ele possa relaxar, descansar e se sentir leve. O lazer nos remete a alegria, satisfação, conquistas e tenho certeza que você merece isso. Além de que quando nos sentimos bem, não há espaço para a ansiedade, aquela que te paralisa para alcançar seus sonhos.

Se você está passando por esse processo ou conhece alguém compartilhe esse artigo. Aproveite para agendar uma consulta de Coach gratuita e tirar suas dúvidas.

Conheça os sintomas que podem aparecer por todo o corpo durante uma crise de Ansiedade

A ansiedade é entendida como um sintoma disfuncional que gera um conjunto de sensações físicas e psicológicas, ou seja, é quando o indivíduo apresenta respostas cognitivas, comportamentais, emocionais e fisiológicas diante de uma sensação de preocupação e medo exagerados de eventos ou situações que ainda não aconteceram.

O transtorno de ansiedade, reconhecido hoje como uma patologia, está entre os problemas mentais que ocupam o terceiro lugar em razões para afastamento do trabalho no Brasil.

A ansiedade se agrava quando o indivíduo passa a deixar de realizar atividades do dia a dia com a intenção de se poupar de situações que possam vir a gerar uma crise onde inúmeros sintomas podem aparecer.

Os sintomas variam de uma pessoa para outra, mas podemos citar aqui as reações mais comuns:

Respiração curta e rápida – A respiração fica desregulada e tende a se tornar curta e rápida.

Dor de cabeça – A sensação de perigo que a ansiedade gera, acelera o sistema nervoso e como o aumento do fluxo sanguíneo pode surgir dor de cabeça. Esse funcionamento desregulado da mente também pode fazer com que haja falhas de memória e dificuldade de concentração.

Suor frio – A transpiração pode ser generalizada ou concentrada, geralmente nas mãos, pés e axilas e também pode ocorrer mesmo em dias frios.

Boca seca – Com a liberação da adrenalina, noradrenalina e acetilcolina é comum que ocorra a hipossalivação, boca seca.

Sensação de taquicardia – Por mais assustador que seja, o coração acelerado é apenas uma resposta do coração ao metabolismo acelerado.

Pupilas dilatadas – as pupilas se dilatam devido ao sinal de perigo que a crise de ansiedade provoca.

Paralisação – Nas crises mais agudas, o indivíduo pode chegar ao ponto de não ter vontade nem forças para sair de casa, ou apenas realizar atividades “automáticas”.

Náuseas – Como reação a uma descarga de hormônios, o trabalho do estômago pode vir a ser interrompido.

Tremores – Também ocorre devido a grande liberação de hormônios, que interfere no controle do corpo.

Músculos tensos – A mensagem de risco iminente e o disparo de hormônios faz os músculos ficarem rígidos, podendo provocar dores principalmente no pescoço e nos ombros.

Se você se reconhece nesta situação, procure ajuda de um profissional, ansiedade tem tratamento e não deve ser ignorada.